Decorar360

Posted on

Paisagismo em varandas

ambiente | paisagismo em varandas

 

Sejam pequenas ou grandes, as varandas são espaços de relaxamento nos apartamentos, e uma das primeiras coisas que pensamos em colocar nestes ambientes, para decorar e trazer a sensação de bem-estar, são as plantas. O contato com a natureza renova as energias, principalmente nos grandes centros urbanos, mas para locais com pouca luminosidade é preciso buscar as melhores soluções nas espécies de vegetação. Com isso, trouxemos algumas inspirações e também dicas da arquiteta Júlia Guadix para escolher as plantas ideais para sua varanda!

 

Korman Arquitetos | @kormanarquitetos

 

 

Neste projeto, os moradores desejavam uma varanda com cara de sala de estar. Os móveis, em sua maioria com fibras naturais e madeira, são complementares ao paisagismo do espaço. Nos vasos de piso foram escolhidas espécies maiores e volumosas, nos menores há plantas delicadas, como as orquídeas. O grande destaque é o jardim vertical, que traz diversas espécies que são resistentes a esses ambientes, como a samambaia.

 

Fotos: Gui Morelli

 

Unic Arquitetura | @unic.arquitetura

 

 

Este projeto, realizado para um jovem casal pelas arquitetas Carolina Danylczuk e Lisa Zimmerlin, conta com uma pequena varanda, na qual a prioridade foi valorizar a vegetação. O espaço recebeu um jardim vertical, com espécies variadas, como a costela de adão, samambaias e jiboia. Um balanço cheio de significado criado pelos próprios moradores traz charme e personalidade para o ambiente.

 

Fotos: Divulgação

 

Liv’n Arquitetura | @livn.arq

 

 

Nesta varanda, a arquiteta Júlia Guadix criou um espaço de relaxamento com espécies de plantas que se adaptam bem a ambientes internos. Uma ótima opção também são as hortinhas, além de perfumarem o ambiente, fornecem temperos e ervas frescas que incorporam mais sabor nas receitas de pratos e drinks. 

 

Para a arquiteta, os jardins verticais são uma opção cheia de vantagens para decorar varandas. São adaptáveis tanto em cômodos grandes quanto nos pequenos, eles trazem frescor, conforto térmico e beleza. Nos lugares menores, esse tipo de disposição não ocupa espaço no piso, porém é imprescindível levar em conta a profundidade dos vasos de plantas ou painéis, dependendo do modelo.

 

Para escolher quais os tipos de plantas para esses espaços, Júlia explica: “O primeiro cuidado é atentar-se ao clima da cidade e insolação do ambiente em que vai ficar as plantas, bem como a necessidade de água”. Em espaços com entrada indireta do sol, o ideal é escolher espécies adaptadas à sombra e meia-sombra, como as seguintes espécies: marantas, peperômia, cactos, suculentas e samambaias. 

 

Fotos: Guilherme Pucci

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.
*
*