Decorar360

Posted on

Memória afetiva e modernidade

arquitetura | Isabella Nalon | por Attos Henrique

 

Projeto de interiores executado pela arquiteta Isabella Nalon reúne conforto e elementos com significados afetivos para os moradores, apaixonados por viagens, livros e coleções.

 

A estante em laca branca abriga o enorme acervo de livros intercalado com os objetos garimpados pelos moradores

 

Localizado no Morumbi, na capital paulista, o apartamento de 180m² revela uma história especial: todo o projeto de reforma foi pensado para abrigar a família, os objetos de herança e peças garimpadas em viagens. 

Logo no hall de entrada, foram posicionadas nas paredes diversas carrancas de deuses gregos e romanos, trazidos da Sicília. Um quarto de serviço foi demolido para dar espaço ao escritório, que foi integrado às salas de tv e estar, o que criou uma melhoria na circulação dos ambientes.

 

No escritório, uma gallery wall expõe miniaturas de carros clássicos. A escrivaninha em madeira harmoniza com as prateleiras brancas

 

Em todos os lugares da casa é possível notar o cuidado na escolha dos itens decorativos. As peças mostram uma ambientação afetiva junto ao mobiliário moderno e carregado de personalidade.  

Na varanda foi instalado, em uma das paredes, o revestimento em madeira de demolição, que cobre também a churrasqueira. Uma solução prática foi colocar a mesa de jantar neste espaço, evitando a duplicação do móvel. 

 

A varanda, que também faz o papel de sala de jantar, possui lustre de cristal da Baccarat com detalhes na cor azul, que também está presente na cristaleira e no frigobar

 

Um sofá de tecido neutro e confortável foi a escolha para compor a sala de tv. “O tapete geométrico trouxe movimento ao espaço, que foi mobiliado com tons neutros. O rack azul complementa e traz um ponto de cor à decoração”, enfatiza a arquiteta Isabella Nalon

O estar conta com móveis de designers brasileiros, como as poltronas assinadas por Fernando Jaeger, que realizou um mix com a mesa de centro de madeira, garimpada pelos moradores. O quarto do casal mescla a decoração vintage com toque de modernidade. O papel de parede com um mapa mundi antigo remete às inúmeras viagens realizada pelos moradores. 

Cada canto do apartamento reflete a personalidade da família, o que mostra que a arquiteta conseguiu atender as necessidades dos clientes ao criar um lugar para relembrar e curtir novos momentos.

 

A família está muito presente em porta-retratos nas estantes e paredes, além dos objetos que foram herdados

 

Ao lado direito da cama, uma cômoda vintage é uma das heranças de família. Do outro lado, a escrivaninha do Depósito Santa Fé e uma cadeira que pertenceu ao Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo trazem charme ao ambiente

 

Sobre Isabella Nalon

Com uma carreira sólida e experiência proveniente de mais de 20 anos de trabalho, a arquiteta percorreu uma trajetória de muitos estudos e pesquisas na área de decoração e arquitetura. Sua experiência atuando como arquiteta na Prefeitura da cidade de Münster, na Alemanha, ajudou a criar uma visão plural e ampla de diferentes culturas e públicos. Em 1998, inaugurou seu escritório em São Paulo e se especializou em projetos arquitetônicos residenciais, comerciais e de decoração de interiores. 

http://www.isabellanalon.com.br/

 

fotos | Julia Herman

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.
*
*