Decorar360

Posted on

Energia renovável e sustentável

tecnologia | Energia Solar | por Attos Henrique

 

A energia solar pode ser utilizada como eletricidade em residências e empresas e tem como benefícios a economia na conta de luz e a preservação do meio ambiente.

 

Todos conhecem ou já ouviram algo sobre energia solar, mas poucos sabem que para sua captação é necessário um sistema, inicialmente composto pelas famosas placas fotovoltaicas. As placas recebem a irradiação solar a partir de suas células, que são responsáveis pelo processo de conversão dos fótons, partículas de luz transformadas em energia elétrica.

 

Após a captação, a energia solar é convertida em energia elétrica através do inversor, que converte para corrente alternada, utilizada pelos eletroeletrônicos e eletrodomésticos nas residências. O sistema ainda conta com o cabeamento, responsável por conduzir a corrente elétrica entre os componentes, e o sistema de proteção, que garante segurança na operação dos equipamentos. Atualmente, existem dois sistemas fotovoltaicos: o Grid-Tie, que é conectado à rede elétrica com a energia entregue a uma distribuidora e utilizada como crédito para abatimento em faturas posteriores e o Off-Grid, que necessita de armazenamento para que a energia não consumida seja utilizada em períodos sem irradiação do sol.

 

A instalação do sistema de captação pode se dar de várias maneiras, o mais comum são as instalações denominadas roof-top, onde os módulos fotovoltaicos são posicionados no telhado, onde terão maior incidência solar. “Vale lembrar que para sistemas fotovoltaicos, a orientação dos módulos é extremamente importante, assim, como estamos situados no hemisfério sul, os módulos devem ser posicionados à face norte, para melhor desempenho energético”, ressalta Thiago Chinen, especialista técnico da Fronius, empresa especializada em inversores solares.

 

No Brasil, onde grande parte da matriz energética é estabelecida em recursos hídricos, o uso da energia solar está se difundindo aos poucos, devido ao custo do sistema, justificado pela produção dos materiais que possuem alto valor agregado. Mas vale ressaltar que apesar dos custos de implementação serem altos, eles são cobertos em poucos anos de operação, graças à rentabilidade do sistema que gera economia em contas de energia elétrica.

 

Quanto ao impacto ambiental gerado pelos processos do sistema, ele é completamente inexistente, pois sua produção não utiliza combustíveis e não emite gases danosos ao meio ambiente. Outra vantagem do sistema fotovoltaico é sua vida útil, estimada em 20 anos. Para a manutenção dos sistemas é importante realizar a limpeza das placas para que a captação dos raios não seja comprometida. “Vale lembrar que a manutenção deve ser realizada em todo o sistema, verificar as conexões, integridade dos cabos elétricos, conexões com o inversor e, também, a integridade do sistema de proteção. Qualquer falha em um desses componentes impede a geração fotovoltaica, por isso não devemos olhar somente os módulos” enfatiza Thiago.

 

 

Para projetos residenciais, a Fronius apresenta o premiado inversor Primo GEN24 Plus monofásico, que chega ao Brasil no final do primeiro trimestre deste ano. O produto, que venceu o German Design Award 2021, possibilita disponibilizar o excesso de energia fotovoltaica para bombas de aquecimento ou mobilidade elétrica. 

 

A placa fotovoltaica Mono144Cell da Soprano possui 144 células PERC fotovoltaicas, conta com 12 anos de garantia de produto e 25 anos de garantia linear de eficiência mínima de 80%.

 

A Eternit inovou ao criar a telha de concreto fotovoltaica, visando a popularização do acesso à energia solar aos brasileiros. A telha solar será intercambiável com a telha tradicional da marca, o que facilitará a substituição nos pontos necessários, sem precisar mudar toda a estrutura dos telhados já existentes. A empresa vem cumprindo as etapas do plano de desenvolvimento do produto e a previsão é iniciar a comercialização no fim do primeiro semestre de 2021. 

 

foto de capaUlrike Leone por Pixabay

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.
*
*