Decorar360

Posted on

Casa Sustentável por GPA&A

arquitetura |GPA&A | por Attos Henrique

 

Ecologicamente correto, projeto piloto de moradia apresenta ao público novos conceitos de sustentabilidade

 

A volumetria da casa foi criada para o melhor aproveitamento da ventilação natural e do sombreamento da face de vidro.

 

Sustentável desde o princípio, a Gerdau e o escritório Gustavo Penna Arquiteto & Associados apresentam a primeira casa construída a partir de materiais derivados da mineração. O projeto piloto é parte do Programa Gerdau Germinar, que aplica novos conceitos de sustentabilidade à atividade minerária e a economia circular em habitações. A “Casa Sustentável”, que foi implantada na cidade de Ouro Branco, Minas Gerais, é um modelo para estudos e aprimoramentos para criação de futuros bairros e cidades sustentáveis. 

 

A sala se integra a cozinha e ao jardim de entrada. O layout compacto foi criado prevendo futuras expansões. O mobiliário é da Prodomo Design.

 

A casa de 45 m², foi construída com blocos, piso drenante e argamassa produzidos a partir de rejeitos de minério de ferro. Os sistemas ecologicamente corretos e que já estão acessíveis ao mercado completam o projeto, como aquecimento solar, geração de energia, biodigestores, tanques de compostagem e captação de água pluvial. O espaço funciona como uma ferramenta de educação ambiental e tem como principal objetivo mostrar na prática a relevância da mineração para o mundo contemporâneo e as diversas tecnologias que podem ser adotadas em nossas casas, de forma as deixá-las mais sustentáveis.

 

A cozinha aberta possui revestimentos claros. As cores primárias foram utilizadas nas luminárias e nas portas da residência.

 

“A nossa casa sustentável é feita de matéria e de espírito. Os subprodutos inutilizados da atividade mineradora são os principais componentes. Deles aproveitamos suas qualidades e propriedades. Encontrar um uso ecologicamente adequado para estes resíduos determina o caráter singular da unidade de habitação. Em seu espírito, a unidade de habitação pretende, além da função técnica, ser um lar, um lugar para cada pessoa se sentir valorizada, acolhida em seus sonhos, esperanças e desejo de conviver. Cada casa, mesmo em sua simplicidade, deve ser capaz de criar um senso de orgulho e autoestima”, completa Gustavo Penna. 

 

Materiais simples foram utilizados na construção, como o piso em cimento queimado.

 

Fotos: Jomar Bragança

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.
*
*